segunda-feira, 28 de julho de 2014

O fone de ouvido tinha deixado em casa...


 O fone de ouvido tinha deixado em casa e não podia se arrepender mais. Como estava com preguiça de olhar as horas no celular não sabia exatamente quanto tempo estava parada ali naquela mesma posição, mas já conseguia perceber a perna direita reclamando do peso de seu corpo. Ouvia ao fundo a conversa de duas senhoras, não estava realmente prestando atenção, só queria que o ônibus chegasse logo.
Tinha os olhos fixos no asfalto e não fazia de ideia de como seu rosto parecia para aqueles que a olhassem agora. Preferia pensar que ninguém a percebia. Um homem passou por perto assoviando, achou melhor não desviar o olhar do chão.
O ônibus finalmente chegou e quase todas as pessoas que se encontravam no ponto fizeram sinal ao mesmo tempo, ela seguiu em silêncio para a fila.

Evitava a todo custo fazer contato visual com alguém e ignorava o fato de conhecer de vista algumas pessoas que passavam pela catraca, não era como se fossem seus amigos. Procurou um lugar vazio e logo conseguiu se sentar na janela, uma das senhoras que estavam conversando no ponto parou ao seu lado, “este lugar está vago?” perguntou sonoramente, a menina simplesmente meneou a cabeça negativamente.

Assim que o ônibus começou a se movimentar tratou de fixar seu olhar na calçada e foi acompanhando as diversas pessoas que passavam, sem realmente ver ou focar alguém, tentava desligar o cérebro na esperança do trajeto durar menos tempo. De repente ouviu “E essa copa ein, acha que o Brasil ganha?”, quem falava era a senhora ao seu lado. Demorou um momento para assimilar as palavras, quando conseguiu entender respondeu algo como “não sou muito chegada em futebol então não sei como opinar sobre isso” com uma risada sem graça pós frase.
Achando que a senhora se daria por vencida voltou a encarar a calçada, mas logo ouviu de novo “minha menina adora futebol, inclusive me pediu de aniversário uma caneca do cruzeiro, mas é tão cara”. Não fazia ideia de quanto custa em média uma caneca de time e não tinha certeza se queria continuar a conversa, ainda assim comentou “mas canecas são caras mesmo, esses dias no shopping vi uma de 30 reais”.
Meio sem querer tinha começado uma conversa infinita, daquelas que só acabam quando uma das duas puxa a cordinha do ônibus. Cada uma comentou sobre o absurdo cobrado por diversos produtos, acabaram esbarrando no assunto novela, descobriram interesses em comum e, quando finalmente o ponto da menina apareceu em uma virada de esquina, ela não desejava dizer tchau.

Naquele dia subiu a rua de sua casa com um sorriso no rosto, agradecendo a si mesma por ter escolhido deixar os fones de ouvido em casa.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Destrua este Diário


 Um dos posts mais visitados aqui no blog é a minha "resenha" do livro Destrua este Diário, então, como nessas férias estava inspirada e fiz algumas destruições (incluindo a capa) resolvi fazer um Stop Motion lindo de bonito mostrando as páginas que já foram feitas.
  Já vou avisando que ele está longe de ficar pronto, mas relaxem que de tempos em tempos vou fazendo update.



 Vou colocar foto das minhas páginas favoritas aqui embaixo:




Espero que tenham gostado. Quem aí também tem um desses? Qual a página favorita de vocês? Não deixe de comentar.

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Look 15 - Hot Pants


 Ei pessoal, lembram do shorts que eu comprei na Sheinside e fiz um post de Experiência de Compra? Além de aparecer no post de Looks para Anime Festival (sendo usado pela Natália do blog Procrastinação & Cia) eu resolvi fazer um look especial pra mostrar ele.







  Eu acho ele bem curto, por isso me sinto mais a vontade usando ele com uma meia calça ou algum casaco que tampe o bumbum, mas tirando isso o caimento e qualidade pra mim são perfeitos.

 Espero que tenham gostado. Quem aí gosta de usar hot pants? Onde costumam comprar? Não deixem de comentar ^^